Front-end e Back-end: entenda essas duas áreas do desenvolvimento

Além disso, você pode ter que optar por um lado particular do mundo em desenvolvimento com base na necessidade ou no que seu empregador requer. Por exemplo, se um projeto precisa de uma solução de gerenciamento de banco de dados, a organização deve encontrar um desenvolvedor backend. Isto se liga um pouco à percepção do desenvolvimento de backend dos não-codificadores. Eles podem entender o desenvolvimento de frontend por causa de sua familiaridade com componentes visuais. O desenvolvimento backend sente e se parece com linguagens de algaravia, bancos de dados chatos e processos mágicos que ninguém mais entende a não ser o desenvolvedor. Os desenvolvedores também vão além da atualização, pesquisa e exclusão regular de pontos de dados, mantendo e otimizando todo o conjunto de dados.

diferença front end e back end

Outro tópico importante são as desvantagens de cada uma das etapas do desenvolvimento. Para o Front-End, que cria interfaces, a principal delas é pensar em uma grande variedade de plataformas. Além disso, ele também deve ser alguém comunicativo, que saiba trabalhar em equipe, esteja apto a lidar com mudanças e saiba discutir e defender seus pontos de vista, já que ele terá que seu papel no projeto está ligado ao de outras pessoas. A função desse tipo de desenvolvedor é estar ciente de todas as regras do negócio, tanto na área de tecnologia quanto das demandas dos clientes, e a partir daí, propor soluções práticas para o seu time. Na prática, o Full Stack pode atuar de diferentes formas, dependendo da empresa, e estar mais próximo do Front-End ou do Back-End.

Curso de Desenvolvedor: Valorize sua Carreira na Tecnologia

Para quem gosta de trabalhar com design e criar interfaces agradáveis e intuitivas, o front-end pode ser uma escolha interessante. Há demanda crescente por profissionais com habilidades em tecnologias como HTML, CSS, JavaScript, React, bootcamp de programação Vue e Angular, além de conhecimentos em usabilidade e experiência do usuário. Além disso, o PHP é muito conhecido por sua interface simples com servidores web, facilitando a comunicação entre a aplicação e o servidor de hospedagem.

Eles podem usar estruturas de front-end e criar páginas visualmente atraentes. Eles desvendam os pontos problemáticos do usuário à medida que interagem com o aplicativo. O desenvolvimento de front-end se concentra na criação de interfaces de usuário totalmente funcionais, responsivas e bem projetadas. A segurança no desenvolvimento de front-end é de responsabilidade principalmente do usuário. Desenvolvedores de front-end se concentram sobretudo nos fluxos de trabalho de validação e autenticação de usuários.

Back-end vs. front-end: principais diferenças e como dominar ambos

Para garantir uma operação tranquila, front-end e back-end devem ser coordenados da forma mais estreita possível, resultando em um produto ao mesmo tempo fácil de usar, visualmente atraente, rico em recursos e seguro. Assim sendo, o desenvolvimento de cada uma dessas estruturas tem requisitos diferentes. Desenvolvedores de front-end devem ter como objetivo primordial criar interfaces de usuário atraentes e fáceis de usar. Fatores como desempenho e design responsivo (que se adapta automaticamente a diferentes tamanhos de telas) devem ser levados em conta.

Identifique os gargalos de desempenho do seu site para proporcionar uma experiência de usuário aprimorada. Você também pode ver títulos de trabalhos de desenvolvimento focados no construtor do site, sistema de gerenciamento de conteúdo ou plataformas de eCommerce em uso, como Magento Developer, Shopify Developer, ou WordPress Developer. Em contraste, outra empresa pode exigir que você simplifique um site com dados pesados, eliminando o uso excessivo de HTML e fazendo um plano que utiliza principalmente JavaScript. Entretanto, todos os computadores têm limites, por isso pode ser difícil expandir os limites estabelecidos pelo seu maquinário atual.

Diferenças entre programação Front-end e Back-end

O desenvolvedor FullStack é aquele que domina tanto o
Front-End quanto o Back-end e é capaz de criar uma aplicação completa
utilizando uma combinação dessas tecnologias. O Node é um servidor que permite ao desenvolvedor escrever códigos JavaScript
que funcionam fora do browser. Desse modo, a linguagem pode ser utilizada para
construção de aplicações Back-end, com os mesmos benefícios das outras, incluindo
a capacidade de construir APIs, como vemos no exemplo do Código 5. https://www.ocafezinho.com/bootcamp-de-programacao-como-desenvolver-suas-habilidades-em-poucos-meses/ Apesar disso, o PHP também pode ser utilizado para a
construção de APIs que podem ser acessadas por outros sites e até mesmo
aplicativos mobile. O PHP é uma linguagem de desenvolvimento back-end voltada
para a web e é utilizado na grande maioria das vezes para a construção de sites
dinâmicos. O desenvolvimento Front-end é a parte da programação que
cuida da criação de interfaces visuais, daquilo que é mostrado na tela de um
navegador ou de um aplicativo no celular.

Aplicações mobile usam as mais diferentes linguagens para
construir suas interfaces. A Microsoft, por exemplo, utiliza o XAML nas suas
aplicações universais, já o React conta com o JSX, que é uma mistura de HTML
com JS. Apesar de ser multiplataforma, ainda é mais utilizada no desenvolvimento do back-end de sistemas web. Desenvolvedores dessa área utilizam linguagens como C#, Java, Ruby ou até mesmo JavaScript — por meio do Node.js.

Добавить комментарий

Ваш адрес email не будет опубликован. Обязательные поля помечены *